Minha lista de Blogs

sábado, 23 de fevereiro de 2013

Dilma pede na Nigéria reforma urgente de Conselho de Segurança da ONU

Abuja, 23 fev (EFE).- A presidente Dilma Rousseff, que se está na Nigéria para reforçar o comércio e os investimentos com o país africano, pediu neste sábado junto ao presidente nigeriano, Goodluck Jonathan, uma reforma urgente do Conselho de Segurança da ONU para torná-lo mais democrático.

Os dois líderes fizeram a reivindicação em comunicado conjunto divulgado ao fim de uma reunião bilateral que tiveram no Palácio Presidencial de Aso Rock, em Abuja, que durou duas horas.

Os líderes reconheceram os esforços da ONU para renovar o Conselho, uma reforma que, afirmaram, capacitará a organização global para enfrentar os desafios atuais na manutenção da paz e da segurança em nível internacional.

Além disso, os chefes de Estado do Brasil e da Nigéria quiseram ressaltar sua relação de "amizade e cooperação" com a troca de informação sobre candidatos de ambos os países para postos internacionais e acordaram se apoiar mutuamente.

A Nigéria é candidata à eleição de membro não-permanente do Conselho de Segurança da ONU para o período 2014-2015, enquanto o brasileiro Roberto Azevêdo disputa o posto de diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC).

Por outro lado, com o objetivo de impulsionar o comércio e as relações financeiras entre os dois países, Dilma e Jonathan deram ordens à Comissão para a Cooperação Bilateral entre Nigéria e Brasil para que fixe uma data para a sétima reunião deste organismo em Abuja.

Os dois presidentes enfatizaram seu compromisso de cooperação para a promoção da tecnologia e o desenvolvimento em matéria de agricultura, energia, eletricidade, petróleo, emprego, infraestrutura, aviação e defesa.

Ao fim da reunião, os presidentes do Brasil e da Nigéria manifestaram satisfação pelo forte desenvolvimento de sua relação de amizade e da cooperação entre os países nos últimos 52 anos, desde o estabelecimento de relações diplomáticas em 1961, após a independência do país africano.

A mandatária brasileira chegou hoje a Abuja após participar da terceira Cúpula América do Sul-África (ASA), realizada em Malabo, e se dirigiu imediatamente para o Palácio Presidencial, onde foi recebida com honras.

Dilma, que deve participar de um fórum empresarial, viaja acompanhada por um grande número de empresários que visam a negociar a possibilidade de um maior investimento brasileiro na Nigéria.
UOL