Minha lista de Blogs

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

MEC admite que houve erro em desclassificação de candidata que teria colocado fotos do Enem 2012 na web


O MEC (Ministério da Educação) admitiu nesta quinta-feira (8) que o consórcio aplicador do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2012 excluiu por engano uma candidata que teria publicado na internet uma imagem da prova. Segundo o ministério, os responsáveis por aplicar o exame acabaram por tirar da prova uma homônima, que nada tinha a ver com a história, mesmo com o órgão tendo, ainda de acordo com a nota, "identificado corretamente a candidata".
As duas têm o primeiro e o último nome iguais -mas os sobrenomes do meio são diferentes. O órgão diz que, se a candidata Jaqueline Chen quiser, poderá fazer uma nova prova. A menina que efetivamente publicou a foto foi excluída
Segundo o jornal "O Estado de S. Paulo", a foto teria sido publicada no sábado (3) pelo perfil de Jacqueline Chen no Instagram. No domingo (4), a candidata da capital foi informada por um fiscal de sala da desclassificação e teria sido obrigada a assinar um termo de eliminação do Enem 2012 pela postagem da foto. De acordo com o jornal, a estudante chegou a pedir provas de que teria sido ela a autora da imagem, mas foi informada que a ordem veio de Brasília e que ali eles não tinham nenhuma prova.
MEC desclassificou pelo menos 65 candidatos do Enem com a alegação de que eles teriam publicado fotos durante o exame nas redes sociais.